Nova Norma UNE 166006:2018 sobre sistemas de vigilância e inteligência

  • Vigilância Tecnológica
20 | Setembro | 2018
España

Recentemente publicou-se a nova versão da Norma UNE 166006:2018 “Gestão da I+D+i sobre Sistemas de vigilância e inteligência". Uma norma criada para ajudar a implantação de sistemas de vigilância e inteligência em todos os tipos de organizações, como parte da gestão da I+D, fazendo standard uma terminologia e processos comuns para orientar a ação.

Esta nova versão da Norma UNE 166006:2018 representa uma ferramenta estratégica para melhorar a tomada de decisões das organizações no  contexto tecnológico atual. Ajuda a implementar processos sistémicos de captura, análise e aproveitamento estratégico de informação estratégica para a antecipação de mudanças, a redução de riscos e incertezas ou a deteção de oportunidades de inovação, entre outras vantagens.

Para conhecer as suas novidades, falamos com Gerardo Malvido, Responsável de Certificação de I+D de AENOR e especialista que participou na elaboração desta nova norma.

Veja a entrevista aqui: https://www.ovtt.org/norma_une_166006_2018_sistemas_vigilancia_inteligencia

Sobre Norma UNE 166006:2018 ‘Gestão da I+D+i: Sistema de vigilância e inteligência:

Esta nova versão da Norma UNE 166006:2018 "Gestão da I+D: Sistema de vigilância e inteligência" tem por objetivo facilitar e formalizar a estructuração do processo de recolhida e análise de informação sobre o meio da organização, para apoiar a tomada de decisões a todos os níveis. Para isso, propõe a implantação de um sistema de gestão permanente da vigilância e a inteligência, especialmente focado às atividades de I+D da organização. Esta norma pode ser aplicada a todas as organizações que estabeleçam um sistema de gestão de vigilância e inteligência, independentemente de seu tamanho, atividade ou âmbito geográfico. Também se pode utilizar como especificação de compra para contratar serviços a terceiros.

O Observatório Virtual de Transferência de Tecnologia (OVTT) fez parte do Grupo de Trabalho CTN 166/GT 6 de Vigilância e Inteligência encarregado desta revisão da norma.

Mais informação: AENOR